Mamily

Ah dona Francisca, quem um dia estaria preparado pra te dizer adeus? Sempre tão presente, em cada canto que olho vem uma lembrança que me faz sorrir. Queria estar escrevendo uma dedicatória de amor, somente por ter a mãe mais querida da história e saber que a senhora me responderia como sempre, com mil emoticons e letras repetidas de empolgação…
Quando o pai faleceu, foi tão repentino que não tivemos tempo de pensar em possibilidades, reflexões, nem nada, fora que éramos tão imaturos que tudo passou da forma mais atropelada possível. Sorte que te tínhamos ao nosso lado e juntos aprendemos a tocar a vida sem ele. Agora com a senhora, ao longo dessas duas semanas de internação, tivemos tempo de aos poucos aceitar a idéia de que talvez não mais te teríamos aqui, nessa vida, conosco. E a nossa sorte da vez, foi ter nossos pares ao nosso lado.
Deus, que de tudo sabe e é sempre bom, nos preparou suavemente pra sua partida.
Sua hora chegou e sei o quanto desejava se juntar aos seus. E não digo isso sugerindo nenhuma idéia suicida ou dark, mas de quanto a senhora sentia saudades de todos que já partiram. Ainda mais depois daquele sonho de onde sua morte seria aos 50 anos! Ganhamos 10 anos de bônus, e agradeço a Deus por cada dia desse tempo. Foi justamente durante esses anos que eu me reencontrei e voltei a prestar atenção na vida, valorizar o que deveria ser valorizado. Nesses últimos dois anos, via que a senhora se transformava na vó Maria, enquanto eu me transformava na senhora e a Isabel se transformava em mim. Um ciclo da vida perfeito, que eu de outrora jamais teria imaginado, talvez teria até zombado.
Nesse momento, penso em não dar asas ao meu egoísmo e pensar nas minhas dores, ao invés, quero te honrar da forma mais bonita que puder, quero iluminar minha casa como a senhora iluminava a nossa, quero ser pra Isabel o porto seguro que a senhora sempre foi, quero ser pro Di a esposa mais fiel, apaixonada e dedicada e quero ser pra Deus, uma filha que Ele possa se orgulhar. Quero te honrar seguindo seus ensinamentos de vida e seu modelo de pessoa.
Nunca haverá “eu te amo” o suficiente a ser dito, nunca haverá abraços suficientes a serem dados. Essa vida é finita e eu espero, com todo meu espírito, na hora certa, me juntar a senhora, ao pai e a todos que tanto amamos aqui um dia. A eterna glória do Pai é a esperança do hoje, do amanhã e do sempre. Te amarei por toda a eternidade.

PS. Hoje visitamos um dos seus lugares preferidos de Valencia e tirei uma foto da Isabel ali como uma foto sua que tirei ano passado, quero fazer um quadro seu e dela, lado a lado, pra que ela nunca se esqueça da “uóuó” por quem ela tem tanto amor e foi tão amada.

Vai com Deus, boa viagem e benção…

About Neoma

Sou uma pessoa de bem com a vida, alegre, entusiasmada, atenciosa, otimista, instável...etc! Sou filha, irmã, mulher, amiga! "...faço o melhor que sou capaz, só pra viver em paz..."

2 responses to “Mamily

  1. Lara

    Que lindas palavras! Chorei do começo ao fim e um amor exalando pelo ar!
    Minha querida amiga, sinta-se abraçada e amada, você é um exemplo de fortaleza!
    Te amo ❤

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: