Primeiro ano de Isabel

Oiii!!! Espero que esteja tudo bem com vcs! =)

Bom, antes que perguntem, está tudo certo conosco também, graças a Deus! =)
Conseguem acreditar que já se passou um ano desde aquele dia louco? Pois eu não consigo, ainda estou naquele efeito de retardo que comentei algumas vezes… Meus hormônios ainda andam alterados provavelmente (talvez seja a amamentação que segue firme e forte) e só de relembrar rapidamente dos 365 dias passados fico toda arrepiada e dá uma coisa, sabe? rs Aliás, é muito difícil escrever concentrada e continuamente ao mesmo tempo que lidar com esse tsunami de emoções ao mesmo tempo, céloko bictho! hehehe Vou soltar logo de cara aquele clichê que quantas vezes desdenhei por ouvir infinitamente: “só entende quem é mãe” (acredito que vale para pais também…rs) Não sei se conseguiria resumir como foi esse ano em um único post, talvez precisaria de um livro, mas daí eu teria outro livro pra minha coleção de “livros a serem escritos um dia”, então vou dar o meu melhor pelo tempo que tenho (o que acredito ser aproximadamente mais 20min dessa soneca, e quem sabe uma meia hora da soneca da tarde…talvez, quem sabe, também, depois que ela dormir a noite, posso queimar o resto da energia pra terminar isso aqui, veremos!)

A vida como conhecíamos parece agora tão distante e guardo nenhuma saudade de como eu era ou do que vivi, mas obviamente guardo tudo com muito carinho na memória pois além de lembranças lindas, tudo que passou nos trouxe até aqui. E aqui, agora, é sem dúvida meu melhor momento, um presente de Deus, o presente nunca fez tanto sentido se chamar presente. A Isabel é a forma compactada de tudo que há de melhor na vida, nela eu encontro tudo e todos que amo, tudo em suas devidas proporções. A maior parte é sem dúvida do papai, mas também me encontro muitas vezes, e encontro meus sobrinhos, irmãos, cunhada, mãe, sogra! Às vezes é em um olhar, em um gesto, em uma parte do corpo…a cada momento ela me remete alguém que muito amo, ao mesmo tempo que ela tem uma personalidade muito própria. A palavra que mais ouço na rua, toda vez que saímos, é “que simpática!” e olhe, é simpática mesmo heim hahaha Raramente não tem um sorriso estampado no rosto, olha nos olhos de todos, manda beijos, fala “hola”, dá piscadinhas e mais recentemente dá tchau! Durante o dia eu simplesmente não vejo o tempo passar, geralmente acordamos, tomamos café com o papai, o levamos até a porta para a despedida do dia, lavamos louça, lemos alguma coisa ou vamos ao parque, ela tira uma soneca enquanto eu faço alguma coisa na casa, almoçamos, ouvimos música, outra soneca, cantamos, dançamos, brincamos, jantamos, recebemos o papai na porta, banho e cama. As noites ainda são bem instáveis, tivemos noites boas com média de 4h seguidas de sono e noites ruins com média de meia hora de sono seguido, sei que preciso trabalhar nisso e pegar firme na reeducação do sono dela mas seguimos no lema de seguir um dia de cada vez, e assim que apertar o sapato tomaremos as devidas providências…rs Tá, o sapato tá apertado mas prioridades são prioridades e agora tô concentrada na chegada dos meus sogros e no aniversário dela! ♥♥♥

No mais, não posso dizer que foram só flores até aqui, muito pelo contrário, tivemos e temos muitas dificuldades, inseguranças e nunca tive que encarar tantos enigmas seguidos, foram muitas dores físicas e psicológicas, a privação do sono é algo realmente sério e entendo o porquê de tanta gente ter depressão em momentos assim, mas ao mesmo tempo, o milagre da vida atua lindamente produzindo “inas” internas que equilibra o que tá bagunçado, por exemplo, uma gargalhada e abraço (ela agora abraça tb) da gordinha é capaz de me tirar qualquer cansaço e me faz esquecer que ela acordou a cada duas horas de madrugada aos berros…rs Um ano de neném e ainda acordamos bastante de madrugada, cada vez achamos uma razão, mas dessa vez (assim como todas) precisamos ser compreensivos pois os primeiros dentes decidiram apontar e como demoraram bastante, estão saindo praticamente juntos, já tem 3 pra fora, um quase despontando e outro bem inchadinho, então já já aparece. Pra colaborar com a evolução, ela agora come bem e come comida em pedacinhos, quase igual a nossa, e o intestino dela resolveu travar por dias, o que incomoda loucamente a todos. A pediatra passou um pózinho pra dar pra ela, mas quem disse que eu consigo? Acho que sou muito mole…rs Acho não, tenho certeza…rs Queria muito saber como as mulheres que tiveram um monte de filhos faziam nesses momentos em que eu me afundo em dúvidas, porque essas pesquisas, órgãos de saúde e gente moderna que acha estudo pra tudo tem me deixado a desejar e muito! hahaha A cada dia penso mais que a sabedoria adquirida através de experiência vivida é infinitamente maior do que estudos aleatórios baseados em amostras insignificantes =3

Pra finalizar o post, vou fazer um resumo dos últimos 3 meses: fomos ao cinema os três juntos pela primeira vez e assistimos “O rei leão”, todos curtiram bastante; Aproveitamos o verão pra conhecer algumas praias de Valencia e todas bem lindas; Tivemos vários encontrinhos com as amiguinhas; Ela começou a percorrer a casa toda se apoiando em tudo que é canto, seja parede, móveis, cadeiras, mas acho que ainda vai demorar um pouco pra ganhar a confiança que precisa pra andar solo; Pro aniversário dela vamos fazer um picnic no parque com o tema da Magali, chamamos só umas poucas pessoas porque a idéia era um bolinho no parque mesmo, só pra não passar em branco, mas ainda assim “só um bolinho no parque” me ocupou loucamente esses últimos meses; Fomos em um show do Iron Maiden e Metallica cover especial para família, adoramos também, principalmente a parte do Metallica hahaha; Ela passa o dia falando e apontando pra tudo o que vê; Agora que tem dentes, me deixa escovar bem direitinho e depois ela mesma faz a escovação, toda noite; Estamos muito ansiosos por amanhã e depois (estou escrevendo dia 7 mas só vou publicar dia 9 que é o aniversário…rs)

Bom, fico por aqui! Só pra fechar com chave de ouro, penso em quantas vezes tive dúvidas sobre ter ou não ter filhos e como isso agora soa absurdo pra mim. Minha gordinha é a luz dos meus olhos, o calor do meu coração, minha felicidade matinal (da tarde e da noite também), minha nova fonte de descobertas e aventuras, por ela tenho vontade de ser uma pessoa melhor, mais virtuosa, mais disciplinada. Sinto como se meu coração tivesse aumentado sua capacidade de amar e todo amor que eu já conhecia foi multiplicado infinitamente. Obrigada Deus e obrigada marido, nunca imaginei que um dia eu poderia transbordar de felicidade de tal maneira e me sentir tão realizada quanto hoje. =)

Bjo, tchau!

Trilha sonora do post:
Iron Maiden – Wasted Years
https://www.youtube.com/watch?v=Ij99dud8-0A

Advertisements

About Neoma

Sou uma pessoa de bem com a vida, alegre, entusiasmada, atenciosa, otimista, instável...etc! Sou filha, irmã, mulher, amiga! "...faço o melhor que sou capaz, só pra viver em paz..."

One response to “Primeiro ano de Isabel

  1. Fernanda

    Aiii ela é muito fofuxa….
    Parabens para vocês e muitas felicidades.
    Fernanda

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: